Conflito Rússia x Ucrânia

Putin assina leis que anexam regiões ucranianas à Rússia

Vladimir Putin formalizou uma ação que a Ucrânia e seus aliados ocidentais condenaram como uma “farsa” sem sentido.

Putin assina leis que anexam regiões ucranianas à Rússia
(Crédito: Omer Messinger/Getty Images)

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou formalmente o documento que anexa quatro regiões ucranianas, segundo o site Al Jazeera. No início da semana, ambas as casas do parlamento russo ratificaram tratados que tornam as regiões ucranianas de Donetsk, Luhansk, Kherson e Zaporizhzhia parte da Rússia.

Publicidade

“O presidente russo, Vladimir Putin, assinou quatro leis constitucionais federais sobre a entrada das Repúblicas Populares de Donetsk e Luhansk, regiões de Zaporizhzhia e Kherson na Federação Russa”, disse a câmara baixa do parlamento, em documentos publicados em um site do governo russo, segundo Al Jazeera. “Ele também assinou as leis relevantes sobre ratificação.” A assinatura do líder russo foi a etapa final do processo legislativo.

A Ucrânia e seus aliados ocidentais dizem que os planos de anexação de Moscou são uma apropriação ilegal de terras e nunca serão reconhecidos. Além de chamarem a ação de “farsa” sem sentido.

A Coreia do Norte parece ser o único país que defendeu publicamente o movimento russo de absorver mais terras da Ucrânia, oito anos após a anexação da Crimeia por Moscou, que também foi condenada.

Publicidade

Nesta terça-feira (04), o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou um decreto declarando que as negociações diretas com Putin se tornaram impossíveis após a oferta de anexação.