'Você é uma vergonha para o jornalismo'

Políticos se manifestam sobre ataque a Vera Magalhães

A jornalista Vera Magalhães foi ofendida pelo deputado estadual bolsonarista Douglas Garcia (Republicanos) durante o debate da TV Cultura.

mpf-pede-que-douglas-garcia-se-manifeste-em-cinco-dias-sobre-agressao-a-vera-magalhaes
Momento em que Douglas hostiliza Vera Magalhães (Crédito: Reprodução)

Durante o debate da TV Cultura entre candidatos ao governo do estado de São Paulo, a jornalista Vera Magalhães foi ofendida pelo deputado estadual bolsonarista Douglas Garcia (Republicanos). Políticos repercutem e se manifestam sobre o ocorrido nesta terça-feira (13).

Publicidade

Fernando Haddad (PT), candidato ao governo de SP criticou o comportamento do deputado e repudiou a ação em seu Twitter. “Repúdio total ao ataque covarde sofrido pela jornalista @veramagalhaes pelo deputado Douglas Garcia em uma clara tentativa de ataque à liberdade de imprensa, método bolsonarista de intimidação contra a democracia”.

Publicidade

O atual governador de SP e candidato à reeleição, Rodrigo Garcia (PSDB), também utilizou as redes sociais para manifestar repúdio. “Meu total repúdio ao ataque covarde que a jornalista Vera Magalhães sofreu, após o debate da TV Cultura, vindo de um sujeito que não representa os valores democráticos nem o povo de São Paulo. Minha solidariedade a você, Vera.”

O também candidato ao governo de SP, Tarcísio de Freitas, comentou o ocorrido. “Lamento profundamente e repudio veementemente a agressão sofrida pela jornalista Vera Magalhães enquanto exercia sua função de jornalista durante o debate de hoje. Essa é uma atitude incompatível c/ a democracia e não condiz c/ o que defendemos em relação ao trabalho da imprensa”.

Repercussão entre candidatos à Presidência

Candidatos à Presidência da República também se manisfestaram sobre a ofensa e intimidação feitas por Douglas Garcia à jornalista Vera Magalhães.

Publicidade

O ex-presidente e candidato Luiz Inácio Lula da Silva afirmou estar triste pelo desrespeito. “Bom dia. Triste com o desrespeito contra a jornalista @veramagalhaes por um deputado bolsonarista no debate de São Paulo. Debates deveriam ser notícia pelas propostas, não por ataques contra mulheres jornalistas, promovidos por quem vive do ódio e não gosta da democracia”, escreveu ele.

Simone Tebet demonstrou solidariedade à jornalista. Solidariedade e indignação. Acordei em Recife/PE com essa barbaridade. Mais uma vez  @veramagalhaes sob ataques de bolsonaristas. O comportamento covarde do Presidente é uma licença para esse tipo de absurdo, agora de um parlamentar”.

 Ciro Gomes também manifestou repudio ao ataque. A escalada de ataques de bolsonaristas à jornalista @veramagalhaes já chegou ao ponto máximo, e tem que ser visto como uma múltipla ação terrorista que afronta não apenas uma mulher e jornalista independente, mas toda uma sociedade democrática. (…)”.