Rondônia volta a registrar filas por leito para tratamento da Covid, depois de 8 meses

Segundo relatório do governo do estado, quatro pessoas aguardam leitos para UTI e três para leitos clínicos

Rondônia volta a registrar filas por leito para tratamento da Covid, depois de 8 meses
O estado estava há oito meses sem filas por leitos (Crédito: Divulgação/ SECOM Rondônia)

Sete pessoas em hospitais de Rondônia aguardam por um leito para tratamento da Covid-19, a informação foi divulgada em um relatório de ações divulgado pelo governo do estado na noite de domingo (5). O estado estava há oito meses sem filas por leitos.

Publicidade

Segundo relatório do governo do estado, quatro pessoas aguardam leitos para UTI e três para leitos clínicos. No total, 148 pessoas estão internadas com suspeita ou confirmação do vírus no estado.

Desses pacientes que aguardam por um leito em  Unidades de Terapia Intensiva (UTI), dois estão em situação grave e positivados para o vírus e dois estão graves, mas ainda não tiveram o teste positivo para Covid-19. 

O relatório do estado de Rondônia também aponta que dois pacientes estão com o quadro moderado, mas não estão com o teste positivo para o vírus e apenas um paciente está com o quadro moderado e com o teste de Covid confirmado. Esses são os pacientes que aguardam por um leito clínico.

O governo ainda divulgou que no estado 288 leitos, entre UTI e clínicos, estão disponíveis. Desses, 148 estão ocupados por pessoas com suspeita ou confirmação do vírus.

Publicidade

Vacinação em Rondônia 

De acordo com o consórcio de veículos de imprensa, com dados da Secretária de Saúde do Estado (Sesau), 1.197.996 pessoas receberam a 1ª dose do imunizante, o que corresponde a 66% da população de Rondônia.

As pessoas que tomaram a 2ª dose ou a dose única somam 1.000.208 pessoas estão imunizadas, o que corresponde a 55,1% da população.