IPEC

49% dos brasileiros são contrários à pena de morte, diz pesquisa

Há mais brasileiros contrários à adoção da pena de morte no país do que a favor.

49% dos brasileiros são contrários à pena de morte, diz pesquisa
(Créditos: Mike Simons/Getty Images)

Segundo pesquisa Ipec encomendada pela Globo, para 49% da população, a Justiça e o Estado não devem tirar a vida de nenhum indivíduo que cometeu um crime. Já para 42% da população, a previsão da morte deve ser implementada no Código Penal. 

Publicidade

De acordo com a Folha de São Paulo, a pesquisa ouviu 2.512 pessoas em 158 municípios entre os dias 9 e 11 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%.

A legislação brasileira não prevê a aplicação da pena de morte a nenhum tipo de crime desde a proclamação da República em 1889. A pesquisa também expôs que 6% da população não é nem contra nem a favor da pena de morte, e que 3% do grupo não soube responder à pergunta.

Publicidade

Os entrevistados que consideram o atual governo, de Jair Bolsonaro, hoje candidato à reeleição, ruim ou péssimo rejeitam mais a adoção da pena de morte do que os que aprovam a gestão do atual presidente. 

Dentro do grupo de apoiadores, 55% se dizem contrários. Entre os evangélicos, que são uma importante base de apoio de Bolsonaro, 53% também recusam à aplicação da pena de morte como medida punitiva, já defendida pelo presidente.

Publicidade