Este é o novo Toyota GR DKR Hilux T1 +

A divisão Gazoo Racing apresentou sua picape média sem precedentes pronta para competir na próxima edição do Rally Dakar (2022)

Este é o novo Toyota GR DKR Hilux T1
(Crédito: Divulgação/ Toyota)

Aproxima-se a próxima edição do Rali Dakar e várias marcas começam a apresentar os veículos que vão competir sob a asa das suas categorias de competição, como por exemplo, na época a Audi o fazia com um modelo elétrico e agora é a vez da Toyota com a apresentação do GR DKR Hilux T1 +. Uma caminhonete única preparada para enfrentar qualquer tipo de terreno.

Publicidade

Embora continue a se refinar nas próximas semanas, estará totalmente pronto para correr no início de janeiro. Segundo a marca, será o maior salto tecnológico do programa Toyota Dakar desde o seu início em 2011.

Em relação à mecânica, terá motor V6 3,5 biturbo (igual ao Land Cruiser 300 GR Sport), embora o novo GR DKR Hilux T1 + apresente um torque inferior ao seu antecessor, bem como ganhos em termos de motor peso, embora o peso total do carro tenha aumentado para 2.000 kg de acordo com os regulamentos. A potência deste mecânico será de 405 CV e o torque de 67,3 kgm.

A divisão Gazoo Racing trabalhou no motor original do Land Cruiser V6. São usados turbos Toyota padrão, bem como um intercooler. A orientação deste último teve que ser modificada para o modelo de competição, mas a parte em si permanece padrão, pois é extremamente eficiente.

O veículo também possui um sistema de suspensão que aumentou o curso de 280 mm para 350 mm, permitindo ao motorista aproveitar ao máximo os novos pneus que foram aumentados de 32 para 37 polegadas. A largura dos pneus também aumentou de 245 mm para 320 mm.

Publicidade

Sob a pele, o Hilux manteve o mesmo design do motor central que tem sido usado desde o Dakar 2016, bem como o design do cockpit central. O carro agora leva apenas dois pneus sobressalentes em vez dos três que eram usados no passado, devido a uma mudança nos regulamentos para a categoria T1 +.

Para o Dakar de 2022, a equipe apresentará quatro das novas versões GR DKR T1 + da Hilux, com Nasser Al-Attiyah do Catar e o copiloto francês Mathieu Baumel, liderando o ataque Toyota Gazoo Racing. Os vencedores do Rally Dakar 2019 terão mais uma vez Giniel de Villiers (vencedor do Dakar 2009) como companheiro de equipe e seu copiloto Dennis Murphy para a edição de 2022 da corrida.

Os sul-africanos Henk Lategan e Brett Cummings retornarão ao Rally Dakar, com o objetivo de mostrar seu ritmo ao longo da distância da corrida, após bater durante a etapa 5 da edição de 2021 do rali. A última unidade da programação será conduzida por Shameer Variawa e seu navegador Danie Stassen, ambos da África do Sul.

Publicidade

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina