Equipe de patinadora russa é investigada por suspeita de doping

equipe-de-patinadora-russa-e-investigada-por-suspeita-de-doping

A autoridade mundial anti-doping investigará a equipe da patinadora russa Kamila Valieva, de 15 anos, que testou positivo para uma droga proibida e foi envolvida em um caso de suspeita de doping nas Olimpíadas de Inverno de Pequim.

Publicidade

Kamila Valieva, cujo futuro olímpico será decidido após audiência da Corte Arbitral do Esporte (TAS) que começou às 20h30, horário de Pequim (9h30 em Brasília), completou sem esforços uma passagem do seu programa durante treinamento neste domingo (13).

A observação envolve os três treinadores da jovem: Eteri Tutberidze, Sergei Dudakov e Daniil Gleikhengauz, o médico da equipe Filipp Shvetsky e um fisioterapeuta.

A Agência Mundial Anti-Doping (Wada) disse, em comunicado à Agência Reuters neste domingo, que pediria para seu Departamento de Inteligência e Investigações, um órgão independente, investigar os treinadores, médicos e outros adultos em torno da atleta.

Mais cedo, o Comitê Olímpico Internacional (COI) informou que havia requisitado formalmente uma investigação da Wada.

Publicidade

A Wada também afirmou que a Agência Anti-Doping da Rússia (Rusada) indicou que já havia começado a investigar a equipe porque Valieva é menor de idade.

*É proibida a reprodução deste conteúdo.

(Agência Brasil)

Publicidade