Portas Fechadas

Finlândia fechará fronteiras para turistas da Rússia

Os cidadãos russos ainda poderão entrar no país por motivos familiares, de trabalho ou de estudo.

Finlândia fechará fronteiras para turistas da Rússia
As fronteiras de certas regiões da Finlândia enfrentam filas de pessoas que tentam escapar de Moscou (Crédito: Daro Sulakauri/Getty Images)

A Finlândia anunciou nesta quinta-feira (29) que fechará as fronteiras para turistas vindos da Rússia. O país europeu afirmou que a medida foi tomada diante do aumento da mobilização militar promovida pelo presidente Vladimir Putin, o que gerou um aumento no fluxo da Rússia para a Finlândia. A medida entrará em vigor a partir da meia-noite de sexta-feira (30).

Publicidade

“Essa decisão visa impedir completamente a atual situação do turismo russo para a Finlândia e o trânsito relacionado pela Finlândia (…) a mobilização [de Putin] teve um impacto significativo em nossas fronteiras”, disse o ministro finlandês do Exterior, Pekka Haavisto. O país compartilha uma fronteira de 1.340 quilômetros com a Rússia.

De acordo com o ministro, dentre os motivos para a fechada das fronteiras da Finlândia para os turistas da Rússia estão “os danos para as relações internacionais finlandesas”, a suposta sabotagem do país de Putin aos gasodutos Nord Stream, que abastecem a Europa, e os “referendo ilegais” promovidos por Moscou na Ucrânia.

Esta decisão da Finlândia é voltada apenas para turistas. Os cidadãos russos ainda poderão entrar no país por motivos familiares, de trabalho ou de estudo. Por questões humanitárias, dissidentes políticos da Rússia também terão a permissão para se asilarem na Finlândia.

 

Publicidade