Conflito Rússia X Ucrânia

Mais de 1 milhão de ucranianos foram levados para território russo

Nas últimas 24 horas várias pessoas foram retiradas de áreas de perigo das Repúblicas Populares de Donetsk e Luhansk.

mais-de-1-milhao-de-ucranianos-foram-levados-para-territorio-russo
Civis (Crédito: Joe Raedle/Getty Images)

Quase 1,1 milhão de ucranianos foram retirados da Ucrânia para o território russo desde o início da invasão no dia 24 de fevereiro, afirmaram autoridades nesta terça-feira (03). Segundo o Ministério da Defesa da Rússia, cerca de 200 mil desses dados, são crianças. Autoridades ucranianas afirmaram que muitos cidadãos estão sendo deportados à força para a Rússia.

Publicidade

De acordo com a CNN, o coronel-general russo Mikhail Mizintsev afirmou que nas últimas 24 horas várias pessoas foram retiradas de áreas de perigo das Repúblicas Populares de Donetsk e Luhansk. “Nas últimas 24 horas, 11.550 pessoas, incluindo 1.847 crianças, foram evacuadas de áreas de perigo das Repúblicas Populares de Donetsk e Luhansk, Ucrânia para o território russo, sem o envolvimento das autoridades ucranianas”.

Conflito Rússia e Ucrânia

No dia 24 e fevereiro, o governo russo invadiu a Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças, Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Um dos motivos desta invasão é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente, sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.

No domingo (1) aconteceu a retirada de civis em Mariupol.

Publicidade

Publicidade