Veja a lista

Rainha Elizabeth II e sua grande coleção de carros

A monarca britânica faleceu no Castelo de Balmond, na Escócia. Durante os seus setenta anos de reinado utilizou um enorme número de automóveis.

Rainha Elizabeth II e sua grande coleção de carros
A rainha britânica Elizabeth II dirige seu carro Jaguar em Windsor, Inglaterra. (Crédito: Ben Stansall/ Getty Images)

Elizabeth Alexandra Mary Windsor conhecida mundialmente como Rainha Elizabeth II, foi o emblema do povo britânico e dos cidadãos da Comunidade das Nações durante os setenta anos de seu reinado. Ela subiu ao trono após a morte de seu pai, Jorge VI, a partir do qual se estabeleceu como uma monarca muito amada por seus compatriotas.

Publicidade

Sua morte, que ocorreu no Castelo de Balmond, na Escócia, a encontrou em plena atividade: há alguns dias ela tinha recebido a recém-eleita primeira-ministra da Grã-Bretanha, Elizabeth Truss.

Durante esses setenta anos de atividade, a Rainha Elizabeth utilizou um grande número de veículos, uma coleção composta por algumas joias mecânicas cujos detalhes analisamos neste artigo.

Rolls-Royce Silver Ghost 1924

Um Rolls-Roys não pode faltar nesta lista. Este Silver Ghost mostra 920.000 quilômetros em seu hodômetro! E, garantem, continua funcionando sem problemas.

Este modelo, (a marca não se envergonha ao afirmar que é um dos melhores carros já fabricados), utiliza um motor 7.4 de seis cilindros em linha que entrega 60 cv de potência, permitindo atingir os 130 km/h.

Publicidade

Dado o seu estado e a sua história, este modelo poderá ter um valor próximo dos 40 milhões de dólares.

Lincoln Cosmopolitan 1949

Um carro muito escolhido pelos presidentes. Por exemplo, o americano Harry S. Truman usou um mas de 1950. Este modelo é um dos poucos de origem norte-americana que o monarca tinha disponível para uso.

Aston Martin DB6 1965

Quando lemos Aston Martin imaginamos James Bond, o famoso agente 007. Mas, neste caso, refere-se à rainha Elizabeth II, talvez mais famosa do que aquela personagem de aventura de espionagem.

Publicidade

Neste caso é um conversível do qual apenas 1.788 unidades foram fabricadas. Como sucessor do DB5, destacou-se por apresentar um design com ótimo trabalho aerodinâmico apesar de seu comprimento, que ultrapassou 4,6 m.

Segundo analistas britânicos, este modelo mostra o estilo inglês que a família real quer exibir no mundo.

Mercedes-Benz 600 Pullman Landaulet

Este modelo chegou às garagens da família real britânica na década de 1960. Foi utilizado em exposições, desfiles ou celebrações nacionais. Deste modelo, que foi descontinuado em 1981, foram produzidas apenas 2.000 unidades, equipadas com um motor V8 de 6,3 litros capaz de gerar uma potência máxima de 250 cv.

Publicidade

Humper Super Snipe 1953

Produzido pela empresa britânica Humber Limited entre 1938 e 1967, a primeira variante a ser lançada foi o Humber Super Snipe e era voltado para a classe média alta e funcionários do governo. Este elegante produto de fabricação inglesa utiliza um motor que entrega uma potência máxima de 100 CV.

Bentley State

Esta unidade pode ser considerada um dos modelos mais exclusivos da Rainha. E não é para menos já que apenas duas unidades deste veículo foram fabricadas. Foi encomendado por Elizabeth II para comemorar seu jubileu de ouro em 2002 e, de alguma forma, com ele, a empresa mostrou que era capaz de fabricar uma limusine de luxo.

Foi desenvolvido com base no Armege R, embora várias modificações tenham sido aplicadas, incluindo um aumento de altura de 830 mm na área do compartimento de passageiros. Também utiliza o motor desse modelo, um V8 de 6,75 litros com 400 cv que lhe permite atingir uma velocidade máxima de 210 km/h. A carroceria e as janelas são totalmente blindadas.

Publicidade

Bentley Bentayga

O Bentayga é um modelo muito especial por ser o primeiro SUV da marca inglesa. Como convém a um produto do gênero, teve uma estreia extraordinária: o primeiro Bentayga (2015) foi para a rainha Elizabeth, pois os diretores da empresa sabiam da atração que a monarca tinha pelos carros.

Existem muitas opções para este modelo, todas muito poderosas. O mais básico equipa um V8 biturbo com 542 CV de potência e 79 kgm de torque.

Land Rover

Há quem diga que Elizabeth II teve mais de trinta modelos desta marca. Seja assim ou não, para a Land Rover a preferência da rainha foi uma verdadeira honra e para empurrar esse sentimento, a marca inglesa fabricou um Defender em 2002 ao gosto da monarca.

Jaguar Daimler V8 Super LWB

Jaguar era uma de suas marcas favoritas. E este modelo um dos mais apreciados. Eles garantem que, geralmente, era ela quem o dirigia. A particularidade deste modelo é que apresenta várias modificações ao nível da ventilação e inclui pormenores especiais como um suporte deslizante desenhado para a bolsa da rainha.

McLaren Elizabeth II

Como esperado, este modelo foi construído como uma espécie de homenagem a Elizabeth II para comemorar os setenta anos de seu reinado. Baseado no Artura, é criado pelo departamento MSO da marca e distingue-se pelo tom especial prateado da pintura e pelo emblema com o nome que lhe confere entidade.

Utiliza um motor V6 3.0 biturbo mais outro elétrico localizado na transmissão do veículo. Juntos, entregam 680 cv de potência e 74 kgm de torque. Acelera de 0 a 100 km/h em 3 segundos e atinge uma velocidade máxima de 330 km/h.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.