medo nuclear

Rússia manda paralisar investigações sobre seu arsenal de armas nucleares

Ministro das Relações Exteriores russo disse que o lado estadounidense do tratado estava com ‘vantagens unilaterais’ devido a sanções impostas a Rússia.

Rússia e EUA possuem um acordo de fiscalização mútua para reduzir armamento nuclear (Créditos: Joe Raedle/Getty Images)

O governo da Rússia anunciou nessa segunda-feira (8) que mandou paralisar as investigações dos EUA sobre seu arsenal de armas nucleares. A decisão veio junto com uma acusação de que os estadounidenses estariam dificultando as inspeções em seu próprio arsenal.

Publicidade

As investigações mútuas fazem parte do novo tratado START, firmado entre os governos da Rússia e EUA (duas maiores potências nucleares do mundo) para reduzirem seu arsenal de armas nucleares.

A paralização do cumprimento do tratado por parte da Rússia teve como ‘justificativa’ de seu governo que as sanções de voos e restrições da locomoção de russos para outros países, principalmente os EUA, tornava quase impossível que eles fizessem a sua fiscalização, o que dava uma ‘vantagem unilateral’ aos estadounidenses.

A Casa Branca ainda não expressou respostas, mas a ação é vista como uma grave provocação em meio a tensões envolvendo as duas potências.

Ainda neste mês, a Rússia já acusou os EUA de estarem interferindo diretamente na guerra na Ucrânia, alegando que o país ocidental estava fornecendo coordenadas de alvos russos para os ucranianos.

Publicidade

Além disso, o secretário-geral da ONU já expressou sua preocupação com a situação de tensão nuclear no mundo dizendo que a humanidade está atualmentea um erro de calculo da aniquilação nuclear.”