Fale conosco

O que vc está procurando?

Carros

Jeep Commander terá motor turbodiesel com sistema híbrido

O grande SUV da marca americana está em fase final de testes. Desenvolvido com base no Compass, terá três filas de assentos

Jeep Commander terá motor turbodiesel com sistema híbrido
(Crédito: Divulgação)

A Jeep se prepara para apresentar o novo Commander, o SUV com três fileiras de assentos que, baseado no Compass, será fabricado no Brasil de onde será exportado para diversos mercados da região e terá sistema híbrido.

Além das semelhanças com outros modelos da marca como Wagoneer, Grand Cherokee ou seu parceiro de plataforma (Compass), o novo SUV terá um DNA claro de Jeep, mas seu estilo próprio do ponto de vista do design.

É importante acompanhar de perto o motor que será utilizado, pois em nossa região ele seria oferecido com o 180 cv 1.3 turbo que estreou com o recente restyling Compass, embora também existissem versões com o conhecido turbodiesel 2.0. Claro que a potência pode chegar a 170 cv, como todos os modelos que vêm equipados com este motor, mas também existe a possibilidade de ser elevada para 200 cv, para obter maior agilidade devido ao peso do novo SUV.

Em sintonia com essa ideia, novas notícias chegam da Índia. Conforme revelado pela Autocar, o motor 2.0 turbodiesel contará com um sistema híbrido moderado de 48 volts para manter baixas emissões e melhores números de economia de combustível.

No momento, falamos apenas do país asiático, mas há grandes possibilidades de que mais cedo ou mais tarde essa tecnologia chegue também aos demais terminais do mundo onde o Commander será produzido, inclusive é claro o do Brasil.

Caso isso aconteça, não seria apenas um evento inédito para a Jeep, mas essa mecânica híbrida também alcançaria os outros modelos Stellantis que possuem o mesmo motor 2.0 turbodiesel.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da PERFIL Argentina.

Mais em Perfil

Últimas Notícias