filho do presidente

Eduardo Bolsonaro defende Vera Magalhães após ataque

A jornalista da TV Cultura foi insultada pelo deputado Douglas Garcia durante o debate com os candidatos ao governo de São Paulo na noite desta terça-feira (13).

eduardo-bolsonaro-defende-vera-magalhaes-apos-ataque
Eduardo Bolsonaro (Crédito: Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados)

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL) criticou nesta quarta-feira (14) o deputado estadual Douglas Garcia (Republicanos), que intimidou a jornalista Vera Magalhães durante o debate com os candidatos ao governo de São Paulo na noite desta terça-feira (13).

Publicidade

“O que ocorreu ontem após o debate dos candidatos ao Governo de SP é lamentável por muitos motivos. Em primeiro lugar, não há justificativa para provocar uma jornalista e tentar constrangê-la gratuitamente no seu local de trabalho, sem que ela tenha dado qualquer motivo para isso”, publicou o filho do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Publicidade

Na publicação, Eduardo ainda disse que ”com certeza aquele não era o local nem o momento mais adequado” para Douglas questionar e insultar Vera. O candidato à reeleição afirmou também que um parlamentar tem meios mais eficazes para ”questionar, exigir documentos e fazer uma fiscalização capaz de sanar qualquer dúvida sem lacradas ou mitadas”.

Apesar de Garcia ser um apoiador de Bolsonaro, ele e Eduardo já discutiram publicamente no passado. O filho do presidente chegou a anunciar em 2021 que pararia de seguir Douglas no Twitter por estar incomodado com constantes ataques.

“Obs: parei de seguir Douglas, assim como ele já fez comigo, e bloqueei outros assessores seus que me batem sem qualquer motivo também. Para ler porrada e receber energia negativa me bastam a grande mídia e partidos de esquerda”, escreveu à época.

Publicidade