gritos de "bandido"

Governador Cláudio Castro ouve vaias em votação no RJ

Castro votou acompanhado da primeira-dama Analine, de seus dois filhos e seu candidato a vice, Thiago Pampolha.

Cláudio Castro saindo do colégio eleitoral (Créditos: Reprodução/ Redes Sociais)

O governador do Rio de Janeiro e candidato à reeleição, Cláudio Castro (PL) foi vaiado e alvo de xingamentos na chegada e na saída de sua votação, na manhã deste domingo (2). Castro votou em uma escola na Barra da Tijuca, zona oeste da capital.

Publicidade

Castro votou acompanhado da primeira-dama Analine, de seus dois filhos e de seu candidato a vice, Thiago Pampolha. O governador, que é apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), ouviu vaias e gritos de “bandido” e “ladrão”, inclusive enquanto dava entrevista coletiva.

Após a votação, Castro falou com a imprensa e afirmou que ” O sonho é que acabe hoje, mas estamos preparados para as próximas três semanas se for o caso. Os números estão bem pertinho. Vamos esperar e, se Deus quiser, celebrar no fim do dia”. À noite, o candidato à reeleição fará uma coletiva em um hotel em Copacabana, na zona sul do Rio.

De acordo com a última pesquisa Ipec, Cláudio Castro aparece com 47% das intenções de voto. Em seguida, Marcelo Freixo (PSB), apresenta 28%. Pelo Datafolha, o governador do Rio aparece com 44%, contra 35% de Freixo.

Claudio Castro é vaiado e chamado de bandido na hora da votação.

Publicidade

Time Ronny Teles pic.twitter.com/ao7eXog4nf

— Ronny Teles 📢 (@RonnyCombate) October 2, 2022

Publicidade