Acordos Políticos

Presidente do partido de Janones faz aceno a Lula no Twitter

Na última pesquisa Datafolha, divulgada na quinta-feira (28), André Janones aparece com 1% das intenções de voto.

janones-desiste-da-candidatura-a-presidencia-e-decide-apoiar-lula
André Janones (Crédito: Paulo Sergio/Câmara dos Deputados)

O presidente do Avante, Luís Tibé, afirmou ao analista Leandro Resende, da rede de notícias CNN, que o partido pode entrar em acordo para apoiar a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República já no primeiro turno.

Publicidade

Nos últimos dias, André Janones, candidato do Avante, também tem feito acenos à candidatura de Lula. Segundo Tibé, a baixa expressão de Janones nas pesquisas eleitorais serviria de base para o acordo com o Partido dos Trabalhadores:

“Essa semana ainda vão acontecer muitas conversas. Mas o Janones não está pontuando mais, [então] estamos tendo conversas com o PT. Por enquanto, ele vai ser candidato, foi aprovado em convenção, agora é muito pessoal, não tem como forçar a mão, é um foro íntimo.”

Na última pesquisa Datafolha, divulgada na quinta-feira (28), André Janones aparece com 1% das intenções de voto, enquanto o candidato petista acumula 47%.

Nesta sexta-feira (29), Janones fez um post em seu Twitter dizendo que aceita conversar com Lula porque não conseguiu diálogo com outros candidatos:

Publicidade

Por meio de sua assessoria, no final da tarde desta sexta (29), André Janones disse que aceitaria retirar sua candidatura caso a conversa com Lula seja produtiva:

“Sim, [estou disposto a retirar a candidatura para apoiar Lula], se não, eu não iria conversar. Tenho total consciência do meu tamanho do ponto de vista eleitoral, que é micro: um ou dois pontos [nas pesquisas]. Mas ao mesmo tempo tenho noção do simbolismo da minha candidatura nessa eleição”, afirmou o candidato em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

Publicidade

 

 

Publicidade