novo comando

Partido pós-fascista de Giorgia Meloni vence eleições na Itália

No total, a aliança de direita dirigida pelo partido de Meloni teve mais de 43% dos votos.

Giorgia Meloni (Créditos: Getty Images)

A extrema direita conquistou neste domingo (25) o poder na Itália, com o partido de Giorgia Meloni. Desde 1945, esta será uma primeira liderança pós-fascista.

Publicidade

Com 26% dos votos, o partido Irmãos da Itália, liderado por Giorgia Meloni, se estabeleceu como maior força política.

“Se fomos escolhidos para governar este país, nós o faremos por todos os italianos, com a vontade de unir o povo e de nos concentrarmos naquilo que nos une, e não naquilo que nos divide”, disse, em um discurso logo após o anúncio dos resultados. “Chegou a hora da responsabilidade.”

No total, a aliança de direita dirigida pelo partido de Meloni teve mais de 43% dos votos, além da maioria na Câmara dos Deputados e no Senado. A aliança é formada  pelos aliados de extrema direita do partido Liga, de Matteo Salvini, e Força Itália, do conservador Silvio Berlusconi. “Temos uma vantagem clara, tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado”, comemorou Salvini no Twitter.

“Segundo as pesquisas de boca de urna, trata-se de um resultado histórico. A coalizão de direita obteria a maior porcentagem de votos registrada por partidos de direita na Europa ocidental desde 1945”, afirma o centro de estudos italianos Cise.

Publicidade

Giorgia Meloni reivindica vitória para se tornar primeira-ministra da Itália mais de extrema-direita desde Mussolini – https://t.co/DuWybzhMFO

Publicidade