APOIO INTERNACIONAL

Estados Unidos dizem a Lula que pretendem reconhecer eleito rapidamente, diz agência

Presidente supostamente teria recebido garantia do apoio em reunião nesta quarta-feira.

Estados Unidos dizem a Lula que pretendem reconhecer eleito rapidamente, diz agência
Apoiadores especulam que mundo espera vitória do petista (Créditos: Alexandre Schneider/Getty Images)

O candidato à presidência e ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi informado por diplomatas norte-americanos de que os Estados Unidos planejam reconhecer rapidamente o vencedor das eleições no Brasil. As informações são de duas fontes de agência de notícias Reuters ouvidas pela Folha de S. Paulo.

Publicidade

De acordo com as fontes ouvidas, a rapidez no reconhecimento é uma estratégia que será adotada pelo governo dos EUA para desencorajar crises institucionais, ameaças a democracia ou qualquer outra forma de caos no país após o resultado das eleições.

Uma das fontes ainda afirmou que Lula respondeu que o reconhecimento rápido dos Estados Unidos seria importante para impedir possíveis movimentos antidemocráticos de seu adversário, Jair Bolsonaro (PL).

Lula se reuniu nesta quarta-feira (21) com o chefe da embaixada dos EUA no Brasil, Douglas Koneff, e fontes afirmam que o sistema eleitoral do Brasil foi um dos tópicos principais da conversa.

O petista teria recebido a informação sobre o apoio dos Estados Unidos nessa reunião. Washington, ao que tudo indica, pretende reconhecer o vencedor das eleições assim que o anúncio do vencedor das eleições ser dado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Publicidade

Publicidade