Candidata a deputada estadual de SP tem apenas um voto nas eleições: ‘É frustrante’

Candidata diz que dinheiro da campanha só chegou uma semana antes da eleição.

Candidata a deputada estadual de SP tem apenas um voto nas eleições: 'É frustrante'
Familiares de Thamires votaram em outros candidatos, afirma a jovem. (Reprodução/Redes sociais)

A candidata a deputada estadual Thamires Oliveira (Agir), de 33 anos, foi a única pessoa no estado de São Paulo a receber apenas um voto. A vendedora disse, em entrevista ao portal de notícias g1, que está “frustrada” com o resultado.

Publicidade

Fiz campanha, fiz reunião, fiz tudo. Mas, infelizmente, o voto não entrou. Somente o meu. A campanha estava na rua. Contratei pessoas para trabalhar. É frustrante, na verdade, porque antes da campanha a gente já fica com muita ansiedade. Você não consegue dormir. É uma pressão muito estressante“, desabafou.

Thamires recebeu R$ 5 mil do Fundo Eleitoral da direção estadual de seu partido para a campanha, mas, segundo ela, o dinheiro veio uma semana antes da eleição, atrapalhando qualquer planejamento:

Recebi R$ 5 mil uma semana antes da votação. O partido em si não deu nenhuma assistência. Tenho até alguns amigos que se candidataram também. Não tinha muito o que fazer e voluntariamente ninguém quer trabalhar.

Perguntada sobre o voto de seus parentes, a vendedora da Zona Leste de São Paulo afirmou que sentiu vergonha ao saber que sua família tinha escolhido outro candidato:

Publicidade

Não tive nada de voto. É vergonhoso. Imaginei da seguinte forma: ‘Creio mesmo se eu ganhasse uma suplência, seria muito mais fácil para ajudar a comunidade, tanto minha mãe, que é assistente social, como a comunidade’. Foi uma campanha ‘presa’. Meus familiares estavam com outras pessoas.