confiança do mercado

Lula participa de jantar com empresários em SP

Em jantar, o candidato do PT afirma que o Brasil precisa de teto de responsabilidade, não teto de gastos

Como foi o jantar de Lula com 45 empresários em SP
Lula e André Esteves, com Abilio Diniz e João Camargo.(Crédito: Arquivo pessoal)

Durante jantar com 45 empresários na capital paulista, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que o Brasil precisa de ‘responsabilidade’, e não de um teto de gastos.

Publicidade

“Ele disse que não precisa de um teto de gastos porque sabe muito bem o que precisa ser feito pra melhorar o Brasil”, disse João Carlos Camargo, empresário e fundador do Esfera Brasil.

Lula fez uma fala inicial de alguns minutos e abriu o espaço para perguntas. De acordo com a Folha de SP, ele foi seguido por falas de Abilio Diniz (Península Participações), de André Esteves (pelo setor de bancos), de Fábio Ermirio de Moraes (pela indústria) e Luis Henrique Guimarães (em nome do agronegócio).

O ex-presidente ouviu as colocações dos empresários por cerca de 20 minutos. O petista depois discursou por cerca de 40 minutos. Lula disse que queria mais uma chance para reconstruir o país. “Lulinha paz e amor e Alckmin estão de volta”, disse, e foi bastante aplaudido. O candidato petista também afirmou, segundo presentes no evento ouvidos pela CNN, que pretende reconstruir, reconciliar e pacificar o país.

O ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, presente no encontro, afirma que também abordaram a necessidade de fortalecer a indústria, melhorar a imagem do país no exterior para atrair investimentos e uma nova reforma tributária.

Publicidade

“Nós falamos pra frente. O Brasil precisa de reforma tributária. Essa é uma reforma essencial pra simplificar o modelo tributário, que pode trazer, num médio prazo, ganho de aumento de PIB.”, disse Alckmin

Publicidade