fake news

Justiça do Rio condena Eduardo e Carlos Bolsonaro por danos morais contra Jean Wyllys

Em 2020, Eduardo e Carlos compartilharam um vídeo nas redes sociais que ligava Jean Wyllys a Adélio Bispo, autor da facada no presidente em 2018.

justica-do-rio-condena-eduardo-e-carlos-bolsonaro-por-danos-morais-contra-jean-wyllys
Eduardo Bolsonaro (esq.), Jean Wyllys (cent.) e Carlos Bolsonaro (dir.) (Créditos: Andressa Anholete/Getty Images e Michel Jesus/Câmara dos Deputados)

A Justiça do Rio de Janeiro condenou os filhos de Jair Bolsonaro (PL), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) por danos morais contra Jean Wyllys (PT).

Publicidade

Em 2020 eles compartilharam um vídeo nas redes sociais que ligava Jean Wyllys a Adélio Bispo, autor da facada no presidente, em 2018, época em que disputava a corrida eleitoral pela Presidência da República.

A sentença é do dia 4 de agosto e cabe recurso. Agora, eles terão que pagar R$ 20 mil cada. Eles ainda terão que excluir as publicações dos seus respectivos perfis e publicarem sobre “a presente decisão nas mesmas redes sociais utilizadas para realizar a publicação ora justada”.

O juiz Juarez Fernandes Cardoso, do 5º Juizado Especial Cível ainda estipula multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento.

“As declarações dos Réus veiculadas em suas redes sociais, que certamente são capazes de atingir um número incalculável de pessoas, exorbitaram o limite de mera opinião pessoal, sendo capazes de ferir a honra, e, até mesmo, colocar em risco a segurança do Autor”, informa decisão.

Publicidade

 

 

Publicidade

 

 

Publicidade